Tribunal condena homicida de Bruno Candé a 22 anos de prisão e prova motivação racista

Artigo de Joana Gorjão Henriques no Público e ainda em actualização, imagem de Diogo Ventura O Tribunal de Loures condenou o homicida do actor Bruno Candé a 22 de anos e nove meses de prisão por homicídio e posse ilegal de arma e deu como provado que o fez motivado por ódio racial. A presidente do colectivo de … Continue reading Tribunal condena homicida de Bruno Candé a 22 anos de prisão e prova motivação racista