Amílcar Cabral, um herói anticolonialista e antifascista

Amílcar Cabral nasceu a 12 de setembro de 1924 em Bafatá, faz hoje 97 anos. É, até hoje, uma referência intelectual e de ação para a luta pan-africanista e socialista. Guineense e filho de cabo-verdianos, pertenceu a uma geração de combatentes e intelectuais africanos que derrotou o colonialismo e o fascismo português. Ainda jovem, Amílcar … Continue reading Amílcar Cabral, um herói anticolonialista e antifascista

O Tsunami verde chega ao México

Numa decisão histórica e apoiada na luta feminista na América Latina o México descriminalizou esta semana o acesso ao aborto até às 12 semanas. Até então só era legal abortar em alguns estados e em caso de violação ou quando a gravidez apresentava riscos para a vida da mulher. De lembrar que o México é … Continue reading O Tsunami verde chega ao México

Solidariedade internacional com as mulheres no Afeganistão

Enquanto feministas, queremos expressar total solidariedade com as mulheres afegãs e demonstrar todo o meu apoio às suas manifestações desde a tomada de Cabul pelos Talibãs. Enquanto feministas internacionais e internacionalistas, defendemos o direito de autodeterminação das mulheres, em qualquer parte do globo, sobre os seus corpos, as suas vidas e o seu futuro e … Continue reading Solidariedade internacional com as mulheres no Afeganistão

As eleições autárquicas na Amadora: como combater o discurso racista e xenófobo

O concelho da Amadora é o mais multicultural do país. É também neste concelho que temos alguns dos episódios, que ficaram mediáticos, de violência policial, como o caso da esquadra de Alfragide ou das agressões a Cláudia Simões. É neste concelho onde existe também uma desigualdade social atroz, onde vivem muitas das pessoas que, por … Continue reading As eleições autárquicas na Amadora: como combater o discurso racista e xenófobo

Sara: a mulher negra, emigrante e em situação de rua que foi presa depois de manter uma gravidez indesejada por falta de acesso ao direito ao aborto.

Tentei, confesso, ir procurar qualquer título que parecesse inteligente ou qualquer outra coisa, mas creio que não há nada mais revolucionário do que a verdade e oferecer algo que bata de frente com o que os média têm veiculado sobre Sara é uma obrigação coletiva.  A resposta do estado português a este caso, bem como … Continue reading Sara: a mulher negra, emigrante e em situação de rua que foi presa depois de manter uma gravidez indesejada por falta de acesso ao direito ao aborto.

Kabul 2021 não é Saigon 1975

Artigo de Valerio Arcary, publicado originalmente no Esquerda Online a 18 de agosto A identificação da derrocada de Cabul em 2021 com a queda de Saigon em 1975 é uma comparação, histórica e politicamente, apressada. Duas fotos parecidas não explicam muita coisa. O elemento em comum é a derrota do imperialismo norte-americano. Qual é a … Continue reading Kabul 2021 não é Saigon 1975

Foi o ódio racista quem matou Bruno Candé e só a unidade nos poderá salvar

No dia 25 de Julho de 2020, em plena luz do dia e numa das avenidas mais movimentadas de Moscavide, Bruno Candé, com 39 anos, foi executado friamente por Evaristo Marinho, com 79 anos . O ex soldado de Portugal nas guerras coloniais impostas nos territórios africanos subjugados para exploração disparou 6 tiros contra Bruno, … Continue reading Foi o ódio racista quem matou Bruno Candé e só a unidade nos poderá salvar

Três propostas antirracistas para as eleições autárquicas

Aproximamo-nos das eleições autárquicas já marcadas para dia 26 de setembro. Ainda que não seja totalmente inédito neste tipo de eleições, desta vez as questões do racismo e da xenofobia vão ocupar um espaço como até agora não tinha acontecido. Isso é assim pelos piores e pelos melhores motivos. Os piores são conhecidos: pela primeira … Continue reading Três propostas antirracistas para as eleições autárquicas

Qual o sentido do nosso orgulho?

Por Lucas Brito, de Belo Horizonte, MG, Militante da Resistência /PSOL Nesse junho de 2021, das telinhas e vitrines, abundam cores e brilho. A bandeira do orgulho tem sido levantada por (quase) todos: está na Globo, no trajeto riscado pelo seu carrinho na Uber, no logo da Folha e do Estado de Minas, tá na … Continue reading Qual o sentido do nosso orgulho?

Interseccionalidade e género, classe e raça a partir das obras de Kimberlé Crenshaw e Angela Davis

O colectivo Feministas.pt tem feito, desde o inicio do ano, um curso sobre feminismos, abordando as principais problemáticas do movimento feminista nacional e internacional, as teorias e as teóricas. Tem feito sessões mensais com diversas convidadas e o debate tem sido enriquecedor. A sexta sessão do curso foi sobre “Interseccionalidade e género, classe e raça … Continue reading Interseccionalidade e género, classe e raça a partir das obras de Kimberlé Crenshaw e Angela Davis