O Balanço de Marta Temido

Costuma-se dizer que em política não há vazios. Pela mesma lógica, na ação governativa não há omissões. Quando algo não é feito, independentemente das intenções, está-se igualmente a seguir uma orientação política; quando uma governante (alegadamente) não consegue impor uma política ao seu governo, mantendo-se no cargo a aplicar uma política de que tem reticências, … Continue reading O Balanço de Marta Temido

Angola. Vira o disco e muda a música?

Artigo de João Delgado Que o disco virou o lado é já evidente. Pela primeira vez na curta história pluripartidária de Angola, a mudança de poder aparece como possível, quiçá inevitável. Distante de Angola, o que vou sabendo é quase na totalidade o que é público e publicado, sendo estas linhas resultado de uma opinião … Continue reading Angola. Vira o disco e muda a música?

O Último Dia

Leon Trotsky, revolucionário russo, comunista internacionalista, fundador do exército vermelho, da Terceira e da Quarta Internacionais, foi assassinado a 21 de agosto de 1940, há 82 anos. Para assinalar este dia, publicamos o testemunho da sua companheira de luta e de exílio, Natalia Sedova. Natália Sedova junho de 1947 Tínhamos colocado persianas de aço nas … Continue reading O Último Dia

O PSOL decidiu apoiar Lula. Por quê?

Artigo de Valério Arcary, publicado originalmente no Esquerda Online Quem diz a verdade, não merece castigo.Quem exige respeito tem que se dar ao respeito.Quando um não quer, dois não brigamSabedoria popular portuguesa 1. O PSOL confirmou a decisão de chamar ao voto em Lula, desde o primeiro turno, apesar da indicação de Alckmin. As condições … Continue reading O PSOL decidiu apoiar Lula. Por quê?

Brasil: É hora da ofensiva contra o golpismo!

Hoje, dia 11 de agosto, será um importante dia de luta no Brasil contra o governo neofascista de bolsonaro e a sua escalada golpista. A propósito, reproduzimos o editorial da página brasileira Esquerda Online a propósito desta importante jornada de mobilização. Bolsonaro mantém as ameaças golpistas, visando a manifestação fascista de 07 de setembro. Mas … Continue reading Brasil: É hora da ofensiva contra o golpismo!

Os ângulos mortos dos anti-identitários

O que acontecia é que os brancos haviam roubado a música aos negros. Toda a música [pop-rock] assenta sobre esse roubo. Diziam que os Rolling Stones roubavam, mas pelo menos eram heróis, pois confessavam o roubo. Muita da música feita nesses anos assentou numa expropriação. […]Em geral, a música pop e rock nasceu de um … Continue reading Os ângulos mortos dos anti-identitários

A vitória da esperança na Colômbia

Artigo de David Cavalcante, publicado originalmente na página Esquerda Online. A vitória de Gustavo Petro e Francia Marques na Colômbia é o grande acontecimento político da América Latina. Na capital, Bogotá, e em várias cidades do país, o povo saiu em festa pelas ruas na noite do domingo, 19, de forma espontânea, num grande carnaval … Continue reading A vitória da esperança na Colômbia

As duas mortes de Andreu Nin pelo estalinismo

Artigo de Bruno Rodrigues originalmente publicado na página Esquerda Online. Em 1937, a derrota das heroicas jornadas de maio na Catalunha pelas balas da polícia local, a mando dos líderes stalinistas, entre eles Juan Comorera, marcaram o começo do declínio da revolução espanhola, aquela que havia sido a maior esperança de libertação para o proletariado … Continue reading As duas mortes de Andreu Nin pelo estalinismo

Contributo para Pensar a Estratégia à Esquerda (Parte 2)

[Existe acordo sobre] a necessidade reivindicações transitórias, a política de alianças (frente única) a lógica de hegemonia e da dialética (e não antinomia) entre reforma e revolução. Estamos, portanto, contra a ideia de separação entre um programa mínimo (antineoliberal) e um programa máximo (anticapitalista). Permanecemos convencidos que um antineoliberalismo consequente conduz ao anticapitalismo e que … Continue reading Contributo para Pensar a Estratégia à Esquerda (Parte 2)

Contributo para pensar a estratégia à esquerda (Parte 1)

Existem duas atividades absolutamente distintas: a tática e a estratégia. A primeira organiza e dirige a ação nos combates, enquanto que a segunda liga os combates uns aos outros, para chegar aos fins da guerra... A estratégia é o emprego da batalha na guerra; a tática é o emprego das tropas no combate. Carl von … Continue reading Contributo para pensar a estratégia à esquerda (Parte 1)